domingo, 4 de maio de 2008

BLOGAGEM COLETIVA: ciúme virtual

Fui convidado por Exagerado para participar desta blogagem coletiva, a primeira que participo, então, lá vai bala:


Procurei no Google e no Cadê material pra meu post e me vieram 798.000 resposta em 0,26 segundo no Google e 112.000 em 0,27 no Cadê, contudo nada mudou o foco que eu trazia para postar...

Vê só: o carinha ta lá na dele e fica pensando no que a pessoa amada pode estar fazendo, aí começam a surgir suspeitas: pode ser que esteja falando com alguém que não conheço, pode ser que esse alguém seja mais interessante que eu, pode ser que eu seja mais caído ou feio, pode ser que esta pessoa seja mais bem humorada, mas amiga, mais legal... nisso o ritmo cardíaco de quem tá só conjecturando começa a aumentar e a incerteza começa a criar corpo, começa a sair da possibilidade e entra na realidade-virtual... tá ferrado(a) meu amigo(a)

Por isso, tenha o pé no chão e lembre sempre: o único ser vivo que usa palavras para se comunicar é o ser humano, então converse, dialogue, desencane... e tenha certeza que quem está contigo só estará até o dia em que ela ou ele ou tu quizerem estar, por isso nêgo viva intensamente tua relação com bom-humor e excelente-amor.

Se entendermos ciúme como o sentimento oriundo de suspeita, não de certeza, da infidelidade ou deslealdade de outrem, e que esse sentimento causa perturbação emocional, confusão de raciocínio e sentimento de impotência e raiva/revolta, conduzindo a comportamento depressivo ou agressivo... e...

Se considerarmos virtual como a condição do que não é real, ou físico, ou do que não se pode materializar; como algo que não se pode ter ou presenciar fisicamente...

Quanto ao tema da blogagem, só posso inferir que todo ciúme é virtual.

E quanto ao ciber-ciúme, vou deixar pra Safira e pro Talício falarem nos outos dias da blogagem.

Beijos virtuais e reais

9 comentários:

Débora disse...

Olá,Rui
Que legal a sua blogagem...Também estou participando,do meu jeito ,pois ciúme virtual só pode ser doença..rs
Postei uma poesia que encontrei numa pesquisa nos sites de busca...
Volto para ler Safira e Talício rs
Beijão

BRUNO LEONARDO disse...

Fala,garoto
Começou bem...é isso aí!Creio que quem é ciumento o é em qualquer espaço,não é mesmo?Eu sou..e luto para combatê-lo!

Olha,no final dos 4 ou sete dias ,já que de 4 a 10 existem 7 dias ,eu farei uma lista no meu Blog agardececndo a todos que participaram(com seus endereços) e todos poderão visitar uns aos outros..
Mas,já nos meus comentários , já existem muitas respostas positivas..Vamos aguardar!

Obrigado,amigo pela participação e parabéns pelo texto.Volto para ver os outros!

abraço

Joanne e Cláudia disse...

Como vai,Rui Carlo
Muito boa a sua abordagem...mas,quando vc diz:
"Por isso, tenha o pé no chão e lembre sempre: o único ser vivo que usa palavras para se comunicar é o ser humano, então converse, dialogue, desencane... " é porque vc consegue ,pelo visto,ficar no ciber-espaço sem se envolver,sem sentir,como disse, a materiallização do objeto do seu amor...mas,eu já não conseguiria se,por acaso me apaixonasse virtualmente...
Grande abraço

Joanne e Cláudia disse...

ah...foi a Jô quem postou e comentou..rsrssr

Van disse...

Pulsar, gozar, amar... SENTIR...
Jamais será virtual.

Mari disse...

Olá,amigo
Pois é..estamos aí nessa Blogagem Coletiva..
Gostei muito de suas palavras.A Rede é chamada assim ,talvez porque suas tramas podem enredilhar os incautos que viajam sem manter os pés no chão.
Também concordo que todo ciúme é virtual.

Abraço pra ti

José Luiz Nascimento disse...

Rui
Muito boa abordagem...Eu ainda prefiro não me envolver e manter somente a amizade virtual,que também é algo que se cativa,mas muitas vezes se esvai como o sopro...

Vênus disse...

Oieee
Esse "pode ser" é que mata!!
Creio que quem é ciumento possessivo tem sempre essa suspeita que traz sempre a perturbação emocional.E aí é que reside o perigo!
Gostei muito do enfoque!
Pstei hoje,dia 5 ,pois ontem foi impossível!
Curiosa para ver como a Safira se pronunciar!
Bjs

Flávia & Kbça disse...

saudações meu amigo, tradição é tradição!!

mas vamos em frente. cara esse negócio de ciúme é muita doideira, apesar de ter os meus. acredito que precisamos ter, nem que seja um "sujinho" como diz a Flávia.

até.