terça-feira, 3 de junho de 2008

Emprego: oferece-se



Estamos contratando pessoa sem experiência, pode ser cego, aleijado, ter paralisia cerebral ou demência, esquizofrenia ou qualquer patologia que o impessa ver, andar ou pensar.
Pode ser preguiçoso e dorminhoco, pode levar um colchonete para dormir no emprego ou viver embriagado (drogado não, porque é ilegal).
Vantagens: viagens, fama, patrocínio e dinheiro
Justificativa: com 32 gols pró em três partidas, e nenhum gol contra (12x0, 9x0, 11x0), no Grand Prix de Futesal em Fortaleza, Seleção Brasileira comprova a veracidade das pesquisas realizadas por grandes Institutos Científicos que dizem que a profissão mais desnecessária no mundo atualmente é a de Goleiro de Futesol da Seleção Brasileira
Função: Goleiro da Seleção Brasileira de Futesal
Riscos: morrer de tédio na pequena área

11 comentários:

Marcos disse...

Para os da linha, os requisitos são: analfabeto e mais ou menos bom de bola, além de amigo do técnico.

Vênus disse...

Oi,Rui

Bem..eu já ia me candidatando,quando percebi a ironia..rsrsrssr

Biscuit agora virou "Cuidado com o Cão"...veja nos meus links..

bjs

NANDO DAMÁZIO disse...

Hahaha, mandar currículo pra onde ??

Rui, dei uma olhada no site que você me indicou a achei ótimo, valeu mesmo pela dica !!
Abração !!

tita coelho disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Rui está ótimo esse anúncio de emprego... bem isso mesmo!
beijos

TonMoura disse...

a menos, claro, que apareçam o espanhóis num mundial.

Débora disse...

Oi,Rui

Muito bom o anúncio...ascredite quem quiser..rsrs

Embarco daqui a 2 horas ...voltando sob protesto...coloquei as fotos do mergulho nas piscinas naturais de Maragogi...

Flávia & Kbça disse...

Olá amigo!!

cara, vou te responder sobre meu post das duas formas possiveis de entendimento...

se você não entendeu o título do post: eu ia escrever sobre os tipos de "anúncios" que existem nesses banheiros, mas a conversa tomou outro rumo...

se você não entendeu "vulcão passivo": está igual a mim, não entendi também...

até.

BRUNO LEONARDO disse...

hauhauhauhau

Estou rindo do Kbça e percebendo que vcs estão competindo em quem não entende o "quê" do post um do outro...rs
Bem,depois do Fluminense ter jogado o tantão de ontem,fiquei com mais raiva do Flamengo não ter estar nesta disputa por ter calçado
sapato alto...comoarado ao Grand Prix de Fortaleza o Mengo é fichinha...hahahah

O lazarento do meu Blog não está publicando...às vezes fica assim...muito temperamental ou é o Blogger,sei lá...tenho que aguardar.

abraço

Mari disse...

Oi,Rui
Nossa..quanto tempo!!Também vc sumiu!!

Me explica isso..O Grand Prix sofreu estes escores mesmo??Nossa!!!Que goleiro é esse???rsrssr

Beijão pro cê!

disse...

kkkkkkkkkk
Eu quero ser " Goleiro da Seleção Brasileira de Futesal"..que sopa!!!

E vc?Está melhor,meu amigo??

Beijinhos com amor e com afeto(sem açúcar)

Rui Carlo disse...

Este post pede respostas, então lá vão:

MARCOS: realmente nossos jogadores em sua maioria não se preocupam com estudos, poderíamos ter como escola de atletas as escolas e universidades, e não os campinhos de várzea...

VENUS: a gente só fala sério né que dá até pra acreditar (kkkkk), quanto ao Biscuit tô sabendo da mudança pro blog do "pega cachorro!", elas viram o recado no teu blog e me informaram onde estão, obrigado

NANDO: realmente, foi o melhor que achei para edição de livro de nós, autores ainda desconhecidos

TITA: humor é fundamental, bjs

NORMANDO: mas tá levando todas ainda, afinal somos x-campeões

DEBBY: obrigado pelo carinho, feliz retorno ao tronco

FLAVIA E KBÇA: "existem dois tipos de escritores, os que pensam o que vão escrever e o escrevem e os que iniciam e são levados a tapa pelas palavras - acho que somos do segundo tipo - kkkkkkkk

EXAGERADO - ligue não, rapá, ainda tem muito campeonato pela frente pro teu mengo perder (kkkkkkk)

MARI: sim estes foram os escores, depois tee um 4x2 e ontem um 4x0... seleçãozinha véia porreta - vc assiste os jogos pela TV DIARIO em sua parabólica (canal aberto) - tive sumido, me perguntaram se era para valorizar a presença, pela ausência

Jô: TÔ bem melhor, e me cuidando, obrigado
Bjos a todos